terça-feira, 12 de abril de 2011

184º Aniversário de nascimento do Servo de Deus Padre Victor

Hoje é um dia especial para os devotos do Servo de Deus Padre Victor, pois recordamos o dia de seu nascimento. Com os corações ardentes de alegria queremos elevar a Deus o nosso canto em homenagem ao nosso querido Padre Victor:

O povo alegre se ufana
Cheio do mais puro ardor,
Para cantar as virtudes
De seu querido Pastor!

Salve, oh! Grande amigo,
Salve, oh! Benfeitor,
Defende-nos do perigo
Nas aras do teu amor (BIS)

Três Pontas clama bem alto
O valor de um grande varão.
Que tudo fez, nesta vida,
Pelo pobre, pela instrução


Padre Victor, oh Padre Victor,
Apostolo da Caridade,
De lá, junto de Deus,
Abençoa esta cidade! ..

A Diocese da Campanha-MG de maneira especial, nossa cidade de Três Pontas – MG, vive dia após dia a expectativa da Beatificação do Servo de Deus Padre Victor.

Francisco de Paula Victor nasceu no dia 12 de abril de 1827, na cidade de Campanha – MG. Não sabemos com precisão se foi à luz do dia ou da noite em que aconteceu seu nascimento. O que sabemos por fé é que ao nascer Deus já o tinha escolhido e o reservado totalmente para si e que a sua vida marcaria profundamente a sua época. Os primeiros cuidados para com o recém nascido foram dados com certeza pelas mãos da parteira e por sua mãe Lourença Maria de Jesus. Do pai não se sabe o nome, pois Francisco era filho natural.

Foi uma criança nascida na poeira da senzala em meio a homens acorrentados com pesados fardos sobre o corpo e a alma. Uma luz brilhou para o “povo que jazia nas trevas” (Mt 4,16); “um Menino nos foi dado” (Is 9,5). De fato, o nascimento de Padre Victor e toda a sua vida nos dá a certeza de que Deus o elegeu para ser um grande missionário da libertação, fraternidade, acolhimento e paz.

Francisco de Paula Victor, filho de escrava foi batizado no dia 20 de abril de 1827, conforme o registro no livro de batismo, tendo como madrinha D. Mariana Bárbara Ferreira. Mulher generosa que anos mais tarde ajudaria o pequeno afilhado a entrar para o seminário e se tornar sacerdote.

Vale a pena ressaltar que a lei do ventre livre ainda neste período nem era cogitada, somente em 1871 é que foi assinada quando Francisco já era sacerdote com 44 anos de idade. Em plena escravidão no Brasil nasceu Padre Victor e ainda neste tempo foi ordenado sacerdote. Consideramos para a época estes fatos como um grande milagre. Pouco tempo após a sua ordenação, o sacerdote negro, foi designado Vigário da Paróquia Nossa Senhora D´ Ajuda em Três Pontas abraçando com muito amor a sua missão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário