terça-feira, 5 de outubro de 2010

Terceiro dia – Olhar que Liberta

Mãe amada, Maria é o esteio dos homens e mulheres cansados de tentar entender o caminho opressor que a humanidade escolheu. Por isso hoje, ela vem até nós para nos mostrar, que o nosso Deus não tem fronteiras e assim sendo, Ele não faz distinção: pátria, cor, raça ou nação. Deus, que ouve o clamor de seu povo não quer divisão e jamais vai aprovar quem deseja explorar gerando escravidão. Ao assumir a cor da raça mais desprezada do nosso país no período colonial, Maria, na sua missão libertadora devolve àqueles que não têm voz e vez, a dignidade de filhos e filhas de Deus, como o escravo Zacarias, que a ela recorreu e se livra das correntes do poder opressor.

Ainda nesses nossos dias, fazendo valer a sua profecia, Maria, com seu olhar continua a nos chamar para também nos libertar de toda e qualquer situação de opressão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário