sábado, 9 de outubro de 2010

Sétimo dia: Olhar que intercede



Gloriosa no céu, quis por desígnio da Providência divina, Maria, emergir do encanto da magia das águas do rio Paraíba do Sul em 1717 de maneira simples, numa pequenina imagem, que é o reflexo do rosto do nosso povo.

Povo este que, na sua simplicidade e humildade logo a cobriu com um manto azul da cor do céu brasileiro e a cingiu com uma coroa, reconhecendo-a como Rainha. Manifestação de fé, de carinho para com Santa Mãe de Deus que sempre nos acompanha, consola e intercede por nós, confirmando o que disse São Bernardo: “jamais se ouviu dizer que algum daqueles que a ela tenha recorrido, reclamado o seu socorro, implorado a sua intercessão, tenha sido por ela desamparado”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário