sábado, 25 de setembro de 2010

Romeiros


"Eu acho o Pe. Victor muito milagroso. estou aqui para agradecer as graças de Deus".

Lucinda Túlio - Lavras - MG

Romeiros...


"Tenho 70 anos e vim pedir proteção. No ano passado cheguei aqui com muitas dores e voltei para casa curado. Temos de pedir com muita fé."

Joanes de Freitas - Monsenhor Paulo - MG

Romeiros


"Venho aqui há três anos e é com fé que rezo a Deus confiando no Pe. Victor. Já recebi muitas graças e estou feliz por estar aqui"

Maria Nazaré do Nascimento - Itumirim

Palavras dos romeiros


"Pe. Victor ajudou e continua ajudando nosso povo. Sou devoto desde criança e Pe. Victor está vivo no coração de nossa gente"

Franésio Gama da Silva - Campos Gerais

A caridade dos Trespontanos durante a festa

Todos os anos D. Ana Rosa de Brito juntamente com a sua família distribiu para os romeiros na porta de sua casa lanche e café. Neste ano de 2010 foram distribuidos mais de 5 mil pães. já fazem 10 anos que a familia realiza este gesto de acolhimento e carinho aos devotos de Pe. Victor.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Missa na Capela Santa

VIVA O SERVO DE DEUS PE. VICTOR


A vida de Pe. Victor foi doação plena ao Reino de Deus e iluminado pelo exemplo de Cristo, Bom pastor, pastoreou pelas veredas de terras trespontanas e região as ovelhas do Senhor por 53 anos.

Embora já fosse do conhecimento da população a fragilidade física de seu pastor, a noticia de sua morte transformou o dia 23 de setembro em uma data eterna. Em Três Pontas a primavera iniciava como em todos os anos, entretanto, naquele setembro a estação das flores chegou roubando silenciosamente do jardim a mais ilustre flor deixando apenas um rastro de seu perfume.

Padre Victor entregou a sua alma a Deus deixando a cidade e toda a região em um estado de luto. A sua fama de santidade já era bastante conhecida, por isso, Três Pontas se tornou pequena diante do grande número de pessoas que chegavam de todas as partes para prestar-lhe homenagem fazendo com que seu sepultamento acontecesse somente três dias após a sua morte. Durante os dias em que foi velado não houve nenhum sinal de decomposição em seu corpo. Pelo contrário, exalava perfume.

Padre Victor foi então sepultado na Igreja Matriz Nossa Senhora D´ Ajuda que ele havia reformado com muito esforço. Passou quase toda a sua vida oferecendo o que possuía, abençoou, cuidou e curando feridas de doentes. Enfim, deixou um grande testamento.

Há 53 anos chegará a Três Pontas com passos decididos causando susto e indignação por ser negro e com os mesmos passos fortes entrou pela porta do Reino de Deus na certeza de que caminhou combatendo o bom combate. O povo por sua vez ficou triste, com dolorida saudade de seu querido padre, porque da mesma forma que Padre Victor os amava, eles também aprenderam a amá-lo e irão continuar a amá-lo para todo o sempre.

Os grandes homens da história são considerados como aqueles que fizeram grandiosas obras. Algumas destas obras nem sempre são lembradas com alegria, pois não viveram da melhor maneira possível. Entretanto, a maioria destas pessoas de nossa história são os que viveram a bondade. Uma dessas pessoas foi o nosso querido Servo de Deus Padre Victor. Ele ficou na história porque realizou uma grande obra: o amor.

Mesmo após 105 anos de sua partida deste mundo seu exemplo continua vivo em nós em seus exemplos.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

9º Dia da Novena

Maria, Imagem perfeita da Discípula Missionária

O Servo de Deus Padre Victor viveu sua vida na escola de Maria, em que aprendeu a ouvir Jesus, guardar e viver Sua palavra. Mais do que uma simples devoção mariana, o Servo de Deus Padre Victor teve para com a mãe do Senhor uma atitude de amor filial e de obediência total a sua ordem: “Fazei tudo o que Ele vos disser” (Jo, 2, 5). A vida do Padre Victor é a concretização radical da vivência, dos ensinamentos de Jesus Cristo, o Bom Pastor, da obediência total à exortação de sua mãe. Sua vida foi um Evangelho vivo. Maria se alegrou por tudo que ele viveu e fez na sua vida cristã de sacerdote, discípulo missionário do Bom Pastor. Com ele, no céu, Ela louva o Senhor da messe e reza por todos nós, seus filhos e filhas muito amados.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

8º Dia da Novena

A Espiritualidade dos Discípulos Missionários

O Servo de Deus Padre Victor tinha uma espiritualidade profunda, caso contrário não seria o que é. A sua maneira de viver a vida, o seu estilo de vida foi sempre pautado pelo Espírito Santo. A sua espiritualidade se manifestava nas suas palavras, nas suas ações, ensinamentos e posturas. A razão de ser de tudo isso partiu do encontro pessoal que ele teve com Jesus Cristo e sua união vital com Ele é a busca de santidade. A sua missão teve êxito porque tinha fundamentos sólidos: Jesus Cristo, santidade, oração, conversão, caridade.

Ele era aberto para a missão, ia a todos os lugares que precisavam dele. Tinha profunda convicção de ser enviado por Cristo, para o povo que a Igreja lhe confiou. Sua paixão pela vida manifestou-se na defesa da liberdade e da dignidade dos seus irmãos de raça, bem como na caridade para com os pobres, na busca da educação que promove a vida. Por isso, ele foi um missionário autêntico, correspondendo a todos os princípios e exigências, no seu tempo e na sua história. Isso confirma que o maior e melhor missionário é o santo.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

7º Dia da Novena

Os Sacerdotes, Discípulos Missionários de Jesus, o Bom Pastor

O Servo de Deus Padre Victor foi também um sacerdote. discípulo missionário de Jesus, o Bom Pastor. Ele recebeu o sacramento da Ordem, em Mariana, no dia 14 de junho de 1851 e viveu 53 anos de fecundo ministério, sendo um fiel representante de Cristo na Paróquia a ele confiada, fazendo as vezes de Cristo, pois era totalmente configurado a Ele. Seus fiéis, ao verem seu pastor, viam nele o próprio Cristo. Foi homem de misericórdia e de compaixão, próximo do povo e servidor de todos, principalmente dos mais pobres, testemunhando, neste tempo todo uma verdadeira caridade pastoral, inerente a sua espiritualidade de homem de Deus e do povo, apaixonado por Cristo e sua Palavra, cheio de amor pela Igreja e ardoroso missionário, buscando, acima de tudo, aquilo que era próprio da sua missão, a santidade de vida, o grande apelo do Senhor da messe.

domingo, 19 de setembro de 2010

6º Dia da Novena


O Sacramento da Crisma e o Apostolado dos Leigos

O servo de Deus Padre Victor foi crismado. Não sabemos se foi no mesmo dia do batismo ou em uma das visitas pastorais do Bispo de Mariana, à sua Paróquia de Santo Antônio, em Campanha – MG. Só que o Espírito Santo agiu nele, não para exercer uma atividade leiga na Igreja, mas para discernir a vocação pela qual Deus o chamava, para ser sacerdote de Cristo e continuador de sua missão, dando-lhe coragem, ousadia, perseverança e luta pelo ideal que Deus havia suscitado em seu coração.

sábado, 18 de setembro de 2010

5º Dia da Novena

O Sacramento do Batismo, início da vida cristã e da ação missionária

O Servo de Deus Padre Victor foi batizado no dia 20 de abril de 1827, na Igreja Santo Antônio (hoje Catedral) na cidade de Campanha. – MG. Ele viveu o seu batismo e acolheu os apelos de Deus para consagrar totalmente sua vida a serviço do Evangelho. Durante o tempo de seu ministério sacerdotal, ele batizou inúmeras pessoas. Preocupava-se com este sacramento de salvação. Mesmo doente, sentado, ele ainda batizava todos que o procuravam, em qualquer lugar por onde ia. Ele também ia ao encontro dos afastados para trazê-los ao seio da comunidade, com zelo de pastor.

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

4º Dia da Novena

O objetivo da Missão

Morrendo há 105 anos, com fama de santidade, o Servo de Deus Padre Victor foi um verdadeiro missionário, dentro da realidade e das exigências da Igreja no seu tempo. Foi um verdadeiro pastor, tanto no anúncio do Evangelho, seja para aqueles que estavam perto nas missas da igreja matriz, na catequese, como para os que estavam longe, nas comunidades rurais e nos povoados, que estavam sob a sua responsabilidade. A visita que ele fazia nas famílias da comunidade não era uma simples ação social, mas uma verdadeira atividade missionária.

Padre Victor está vivo, como um verdadeiro missionário, atraindo para Deus e para a Igreja cristãos de todos os lugares, para ouvir a palavra de Deus e celebrar a sua fé cristã. Seja no dia 23 de setembro, seja durante os dias do ano.

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

3º Dia da Novena


A Igreja e sua vocação missionária

O Servo de Deus Padre Victor foi membro vivo da Igreja e, como Igreja, ele foi missionário: participava da vida da comunidade, das celebrações, das festas, sempre se colocando a serviço das coisas de Deus. A vivência plena do seu ser missionário se deu no exercício do ministério sacerdotal, por cinqüenta e três anos.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

2º Dia da Novena

O Epírito Santo e a Igreja

O Servo de Deus Padre Victor recebeu o Espírito Santo no dia de seu batismo e levou uma vida de santidade, sempre dócil a suas inspirações para buscar sua vocação de ser sacerdote, discípulo missionário de Jesus, o Bom Pastor. O Padre Victor não ficou santo depois da sua morte, mas levou uma vida de santidade porque era conduzido pelo Espírito Santo de Deus, razão pela qual sua vida se tornou para o povo um Evangelho vivo.


terça-feira, 14 de setembro de 2010

1º Dia da Novena

Padre Victor, o missionário do Pai: Vida plena para todos os povos.

O Servo de Deus Padre Victor, desde o ventre materno, foi chamado por Deus para ser sacerdote: discípulo missionário de Jesus, o Bom Pastor. E foi com esse espírito que ele exerceu a sua missão aqui nas terras do Sul de Minas, principalmente em Três Pontas, onde ele viveu por cinqüenta e três anos, o verdadeiro missionário da Igreja. Anunciando Jesus Cristo e testemunhando a sua ressurreição, foi ele mesmo um sinal do Reino no meio da comunidade.

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Novena pela Beatificação do Servo de Deus Padre Victor


NOVENA PELA BEATIFICAÇÃO DO PADRE VICTOR
De 14 a 22 de setembro de 2010


HORÁRIOS: TODOS OS DIAS, EXCETO DOMINGO:
5h - Procissão da Penitência
5h30min - Missa da Novena na Matriz d´Ajuda
7h - Missa da Novena no Carmelo São José
14h30min - Reza do Terço
15h - Missa
18h30min - Reza do Terço
19h - Missa da Novena na Matriz d´Ajuda

19 DE SETEMBRO - DOMINGO

6h30min - Procissão da Penitência
7h - Missa da Novena na Matriz d´Ajuda
8h - Missa da Novena no Carmelo São José

CONFISSÕES - Local: Matriz d´Ajuda

INDIVIDUAIS: TODOS OS DIAS, EXCETO SÁBADO E DOMINGO:
das 9h às 12h; das 16h30min às 18h30min.
SÁBADO: das 9h às 11h

COMUNITÁRIAS: Dia 13.09.2010 - Geral - 19h30min
Dia 19.09.2010 - Geral - 15h

OBSERVAÇÕES:

DIA 19.09.2010 - DOMINGO - ROMARIA DOS CAVALEIROS
Saída: 6h30min - Praça Aparecida até a Faxina.
Em seguida, missa Sertaneja.

DIA 22.09.2010 - QUARTA-FEIRA - VIGÍLIA - ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO
- das 21 às 23h - Coordenação dos Seminaristas da Diocese da Campanha
- das 23 às 4h30min - Coordenação da Renovação Carismática de Três Pontas