segunda-feira, 7 de junho de 2010

Quem foi Padre Victor

Padre Francisco de Paula Victor nasceu em Campanha - MG, em 12 de abril de 1827, em uma senzala (morada dos negros naquela época). Filho de Lourença Maria de Jesus, não se tem conhecimento de seu pai. É de origem humilde e humilhante, porque é filho de escrava. Nasceu numa época em que as Leis do Trono Português ajudaram e obrigaram a tratar os negros como COISA e sem DIREITO algum. Ele não teve registro civil, o que era impossível na época. O que prova o seu nascimento é o seu BATISTÉRIO.
Aquela criança negra e pobre foi batizada em 20 de abril de 1827 e teve o amparo e o carinho de sua madrinha de batismo Dona Marianna Bárbara Ferreira, pessoa de grande importância na sua formação cristã. Francisco foi um menino forte, de lábios volumosos e nariz chato. Não tinha beleza e nem formosura. Mas, era inteligente, vivo, esperto e bom.
Com essas qualidades e por privilégio de Deus ele estudou. Não se sabe se em casa com a madrinha ou com algum professor numa escola. O fato é que ele estudou, pois negro, filho de escrava, devia, quando forte como ele, trabalhar em serviços pesados na lavoura, no garimpo ou engenho. Outros eram encaminhados para trabalhos especializados como marceneiro, alfaiate ou pedreiro. Não era comum negro estudar. Era proibido por lei. Exerceu a profissão de alfaiate e teve por mestre o senhor Inácio Barbudo, a quem confidenciou o desejo de ser Padre e de quem recebeu uma crítica nestes termos: “Já se viu negro ser padre?”
Com o apoio de sua madrinha de batismo, chegando a dar-lhe a metade de uma fazenda denominada “Conquista”, em Campanha, como patrimônio que era exigido na época e com a permissão de Dom Viçoso, bispo de Mariana, entrou no Seminário de Mariana - MG.
Foi um homem marcado pela santidade, pois, em plena escravidão no Brasil, em que o negro não tinha nem vez e nem voz, conseguiu cursar o seminário provando que, para o Criador, não existe diferença de raça ou de condição social.

Nenhum comentário:

Postar um comentário